Vendas: Por que é mais fácil fazer o que não funciona do que tirar um tempo para descobrir o que funciona?

Existem dois grupos de líderes de vendas nas empresas:

O primeiro grupo é o mais perigoso. São aqueles líderes que tem pressa em definir uma meta de vendas sem ter dados concretos para isso. Assim começa o que chamamos aqui de ciclo do CAOS. O Diretor de Vendas engole a meta determinada (especialmente se não tiver voz ativa para discutir com o CEO), repassa para os vendedores. Os vendedores não batem a meta. O CEO acredita que precisa de mais vendedores. Novamente as metas não são batidas. O gestores de vendas são trocados. E começa tudo novamente. Essas pessoas quando sob pressão ou estresse, tendem a “se abrigar” no local mais seguro e simplesmente repetir processos que não funcionam ao invés de recuar, analisar dados e tentar uma nova abordagem.

E então vem o segundo grupo. Esse grupo é formado por líderes que não tem medo de testar mas que sobretudo, tem muito foco em ANÁLISE DE DADOS. Ao final de um ciclo, existe uma análise profunda das ações que deram certo e que deram errado. No ciclo seguinte, as ações que deram certo são potencializadas Assim, cada ciclo repetido é melhor que o anterior.

Essas pessoas são boas em fazer acontecer. São boas em gerar um ciclo de receita recorrente, sabendo exatamente:

  • Quantos leads precisa gerar para;

  • Agendar o número de atendimentos necessário, para;

  • Gerar a quantidade de vendas necessária para o crescimento escalável de seu negócio.

E calma, porque se você se identificou com o primeiro grupo, saiba que vamos fazer um Workshop Online: Os 3 fatores chave para uma geração de receita previsível.

E você, a qual grupo pertence? Deixe seus comentários. Nos vemos no Workshop.